09:02:13 Segunda, 22 Julho 2019

Situada no norte de Tenerife, no lindíssimo vale com o mesmo nome, La Orotava é uma vila antiga que se distingue pela sua arquitectura e ambiente tradicional das Canárias. Encantadora e graciosa, toda a zona exibe casas e edifícios pitorescos e ruas calcetadas – um cenário digno de um álbum fotográfico. 

O centro histórico é um local de visita obrigatória. A igreja paroquial de La Concepción é muito bonita e a Casa de los Balcones (Casa das Varandas) é um belo exemplo da arquitectura característica da ilha. 

A cidade também conta com um jardim botânico, La Hijuela del Botánico, com mais de 3000 espécies de plantas tropicais e subtropicais essencialmente originárias da América do Sul e Central, África e Austrália. No centro da cidade, o Jardín Victoria, também conhecido por Jardines del Marquesado de la Quinta Roja, é um espaço verde recreativo com muitos trilhos entre árvores e flores. Aí encontrará o Mausoléu de Mármore de Carrara, criado pelo arquitecto francês Adolph Coquet em 1882 para o maçom Marqués de la Quinta Roja. Aquando da morte do membro da Loja Maçónica Taoro, a sua mãe e viúva não chegaram a acordo quanto à última morada do Marquês e a cripta com entalhes e nichos de mármore branco nunca foi usada para o seu propósito original. Ninguém sabe ao certo o que se encontra no interior do edifício. 

Nas Montanhas Orotava existem muitos trilhos para caminhadas, alguns dos quais vão até à zona protegida do parque nacional de Cañadas del Teide.

La Orotava oferece três belíssimas praias de areia vulcânica – El Bollullo, Martín Alonso e El Rincón – todas elas pouco lotadas.

Costumes e Tradições
Governo
Horários de Funcionamento