16:48:01 Segunda, 25 Junho 2018
Sunny

21°C

Crê-se que os primeiros povos de Tenerife – os Guanches – chegaram à ilha vindos de África entre o primeiro e o segundo séculos a.C.

Estes antigos habitantes viviam em grutas, locais que os mantinham frescos no Verão e quentes no Inverno. Provavelmente seriam altos, com tez branca, cabelo claro e olhos azuis.

Ninguém sabe ao certo como os Guanches chegaram a Tenerife, pois não existem vestígios de como conseguiram atravessar o oceano vindos do continente africano. Uma teoria defende que terão sido abandonados por piratas ou expulsos pelo seu próprio povo. Também é possível que tenham viajado com jangadas feitas de canas.

A estrutura social dos Guanches era bastante avançada, com um chefe que dispunha de um grupo de conselheiros respeitados enquanto líderes. Mais tarde terão sido descobertos pelos Espanhóis, que perceberam que se tratava de um povo muito evoluído, de tal forma que tinham até peças de cerâmica. A sua alimentação era composta por carne de cabra e porco, fruta, manteiga e leite, e usavam túnicas produzidas a partir de peles e juncos.

Os Guanches já não existem enquanto grupo étnico, embora muitos naturais das Canárias tenham muito orgulho nestas origens. Podem encontrar-se vestígios da cultura guanche em determinadas palavras de uso corrente e nalgumas tradições. Para os residentes, é muito importante ensinar as crianças em idade escolar acerca dos habitantes nativos de Tenerife.

Costumes e Tradições
Economia
Geografia

Já no século XXI, os actuais habitantes de Tenerife são acolhedores, amistosos e descontraídos. Estão habituados a conviver com pessoas de diferentes nacionalidades que visitam a ilha e existe um grande número de estrangeiros a viver aqui.

Nas Canárias, os habitantes de cada ilha possuem a sua própria identidade e nome – em Tenerife, os residentes são conhecidos por Tinerfeños.